01 fevereiro 2018

Tecnologia de Aplicação de Adjuvantes Disam (Distribuidora de Insumos Agrícolas Sul América) e Diagro S. A. Paraguay 2018/2019.


Tecnologia de Aplicação de Adjuvantes Disam (Distribuidora de Insumos Agrícolas Sul América) e Diagro S. A. Paraguay 2018/2019.


Manoel Ibrain Lobo Jr
Engº Agrº, Consultor em Tecnologia de Aplicação
Auditor GlobalGAP IFA
lobo@pulverizador.com.br


Avaliação dos efeitos de redução da deriva e homogeneização dos tamanhos das gotas pelos eficientes adjuvantes Macrobio Hiper Plus, Redu Plus e Protect Plus, desenvolvidos pelas conceituadas empresas Disam (Distribuidora de Insumos Agrícolas Sul América) e Diagro S. A. Paraguay.




A formulação avaliada do adjuvante Macrobio Protect Plus, produzida em 2017, após intensa agitação, foi adicionada à calda da pulverização na bancada de testes após 7 a 10 segundos do início da filmagem. É possível constatar, através do vídeo abaixo, o eficiente condicionamento da calda, possibilitando o excelente controle da deriva, após o tempo decorrido de 55 segundos.




A capacidade de redução da deriva de um adjuvante de calda é o principal atributo a ser considerado e o mais importante efeito visual a ser avaliado em condições de bancada (em ambiente controlado) como também em situações reais de aplicação em campo.

Nas fotos abaixo, o adjuvante Protect Plus, na dose de 50 ml/100 litros de água, apresentou um excelente efeito na redução da deriva nas pulverizações e uma maior homogeneização dos tamanhos de gotas, possibilitando um maior e mais definido ângulo de abertura do jato de pulverização (acima de 90 Graus).

Fase I: Início do teste de pulverização e visualização clara dos altos riscos de perdas pela deriva das gotas produzidas com classificação de tamanhos finas e muito finas (Potencial de Risco de Deriva > 70%).




Fase II: Início do condicionamento da água pelo adjuvante Macrobio Protect e visualização da melhor formação e do aumento do ângulo do jato de pulverização.




Fase III: Efeito visual da homogeneização dos tamanhos das gotas, redução da turbulência, maior transparência e maior ângulo de abertura do jato de pulverização.




Fase IV: Condicionamento total da calda pulverizada e visualização clara do efetivo controle da deriva (Potencial de Risco de Deriva > 5%).





Adjuvantes de calda são extremamente importantes para o sucesso de uma estratégia de controle da deriva nas pulverizações e influenciam diretamente nas maiores taxas de recuperação de agroquímicos sobre os alvos, possibilitando a realização do controle químico nas horas mais adversas do dia, mesmo em altas temperaturas, baixa umidade relativa do ar e fortes rajadas de vento, com o mínimo risco de perdas das gotas finas e muito finas. 

Agradecimentos especiais aos competentes profissionais Jaime Zorzetto Junior, Paulo Lazaron, Mateus Walnier, Marcelo Aguiar de Araújo e Allan Cristhian Dallazem, por toda confiança e grande colaboração durante as avaliações de redução da deriva e do condicionamento da calda com os eficientes adjuvantes Hiper Plus, Redu Plus e Protect Plus.


Copyright © 2005-2018 Manoel Ibrain Lobo Jr. Todos os direitos reservados.

Todos os direitos autorais sobre as marcas, obras ou criações de qualquer natureza disponibilizadas neste site, pertencem ao Engenheiro Agrônomo Manoel Ibrain Lobo Jr, idealizador dos sites www.pulverizador.com.br, www.scribd.com/pulverizador e www.pulverizador.blogspot.com ou a terceiros que autorizaram o uso de sua propriedade intelectual. Sendo assim, é terminantemente vedada a distribuição, representação, publicação, uso comercial e/ou utilização de tais materiais, no todo ou em parte, sem a prévia e expressa autorização do Engenheiro Agrônomo Manoel Ibrain Lobo Junior. A violação destes direitos é crime, e seu infrator está sujeito às penalidades legais previstas nas Leis 9.610/98 e 9.279/96 e no art. 184 do Código Penal Brasileiro, bem como ao pagamento de indenização pelos prejuízos causados.