29 junho 2015

Spraytec & Cooperativa Coopercitrus Araçatuba/Birigui (SP): Treinamento em Tecnologia de Aplicação de Adjuvantes.


Treinamento em Tecnologia de Aplicação de Adjuvantes

Spraytec & Cooperativa Coopercitrus

Araçatuba/Birigui - São Paulo


Engº Agrº Manoel Ibrain Lobo Junior .'.
Consultor em Tecnologia de Aplicação
Auditor GlobalGAP IFA
lobo@pulverizador.com.br


Treinamento avançado em tecnologia de aplicação de agroquímicos e adjuvantes de calda ministrado para as competentes equipes técnicas e comerciais das conceituadas empresas Spraytec e Cooperativa Coopercitrus, nos municípios de Araçatuba e Birigui, Estado de São Paulo.




Os treinamentos teóricos em sala objetivaram a capacitação das equipes da Coopercitrus, Spraytec e produtores para a correta seleção de pontas de pulverização e tamanhos de gotas, objetivando a máxima eficiência nas pulverizações, com o mínimo risco de perdas pela evaporação e deriva, em condições meteorológicas extremamente adversas.




Nas fotos abaixo os competentes profissionais da empresa Spraytec Sr. James Lino (Bebedouro – São Paulo), Sr. Marcos (Assis – SP) e Sr. Marcelo Cardoso (Mato Grosso do Sul), participando dos trabalhos teóricos, apresentando importantes informações sobre a grande eficiência agronômica do adjuvante Fulltec e o correto posicionamento dos produtos Spraytec para as aplicações de herbicidas, inseticidas e fungicidas.




Agradecimentos aos profissionais da Cooperativa Coopercitrus, por toda a grande colaboração na preparação do evento e pela pronta atenção durante os trabalhos teóricos e práticos desenvolvidos nas importantes regiões agrícolas de Araçatuba e Birigui (SP).




Mereceram destaque durante as apresentações teóricas novas técnicas e tecnologias em adjuvantes Spraytec e pontas (bicos) de pulverização para o desenvolvimento e implementação de projetos sustentáveis em seus produtores clientes, baseados nos conceitos de boas práticas nas pulverizações (GLOBALGAP) e na qualidade total operacional (organização, limpeza, segurança, etc).






Foram apresentados, durante os treinamentos teóricos ministrados em sala, os tópicos sobre o planejamento operacional das aplicações de agroquímicos e adjuvantes, conceitos sobre a segurança da equipe operacional e do meio ambiente e propostas para a implantação da qualidade total em todas as etapas do controle químico.







Nas fotos abaixo, durante o desenvolvimento das práticas em campo, foi utilizado o pulverizador tratorizado equipado com diferentes modelos e vazões de pontas de pulverização para simulações de aplicação de herbicidas, inseticidas e fungicidas em altos volumes (> 100 L/ha) e médios volumes (entre 50 a 100 L/ha), durante as demonstrações de deposições de gotas e avaliações de porcentagens de cobertura em papeis sensíveis à água.






Foram realizadas demonstrações práticas de aplicação em médios e altos volumes (70 a 100 L/ha) com o pulverizador tratorizado equipado com as pontas de pulverização com indução de ar (venturi) de primeira geração 110015 (Cor Verde) e 11002 (Cor Amarelo), produzindo gotas aeradas com classificação de tamanhos muito grossas para grossas, objetivando o desenvolvimento de estratégias de seleção de tamanhos de gotas para condições meteorológicas extremamente adversas (altas temperaturas, baixa umidade e fortes rajadas de vento).






Agradecimentos aos profissionais da Cooperativa Coopercitrus, em especial ao Sr. Cezário Doná (Cidão), Gerente de Loja Coopercitrus (Biriguí – SP), por toda a pronta atenção e grande colaboração durante os trabalhos realizados em parceria com a competente equipe técnica da Spraytec.


PULVERIZADOR - COPYRIGHT 2015


Todos os direitos autorais sobre as marcas, obras ou criações de qualquer natureza disponibilizadas neste site, pertencem ao Engenheiro Agrônomo Manoel Ibrain Lobo Jr, idealizador dos sites www.pulverizador.com.br , www.scribd.com/pulverizador e www.pulverizador.blogspot.com ou a terceiros que autorizaram o uso de sua propriedade intelectual. Sendo assim, é terminantemente vedada a distribuição, representação, publicação, uso comercial e/ou utilização de tais materiais, no todo ou em parte, sem a prévia e expressa autorização do Engenheiro Agrônomo Manoel Ibrain Lobo Junior. A violação destes direitos é crime, e seu infrator está sujeito às penalidades legais previstas nas Leis 9.610/98 e 9.279/96 e no art. 184 do Código Penal Brasileiro, bem como ao pagamento de indenização pelos prejuízos causados.